Botucatu: Criminosos tiveram prejuízo de mais de R$ 500 mil com o armamento apreendido

A Bigorna 03/08/2020 08:50:00 1044 visualizações
# legenda: Casos de polícia

O Coronel reformado da Polícia Militar, José Vicente da Silva, especialista em segurança, avaliou que o ataque de criminosos como o ocorrido em Botucatu no final da noite de quarta-feira, 29, e madrugada de quinta-feira, 30, contra 3 bancos no centro da cidade, com diversas explosões e tiros, tende a continuar ocorrendo em cidades do mesmo porte e maiores que Botucatu.

 “Já ocorreu em cidades maiores que Botucatu, como Campinas, Araçatuba, Bauru; já ocorreu na capital. Só que nessas cidades foi uma ação rápida e isso vai continuar ocorrendo. A diferença em Botucatu é que houve demora no assalto e a reação da polícia”.

O militar ainda destacou que os bandidos tiveram prejuízo em Botucatu. A Polícia apreendeu oitos fuzis, foram sete calibre 762 e um .50 e uma metralhadora 9 mm, além de sete veículos – entre eles os blindados usados pelos bandidos, dois coletes balísticos e um rádio comunicador. Ainda foram recolhidos 17 artefatos explosivos improvisados, dois cartuchos de emulsão e três granadas.

 “Esses criminosos tiveram um prejuízo muito grande. Só aquela metralhadora ponto cinquenta custa aproximadamente duzentos mil reais no Paraguai. O prejuízo com o armamento apreendido foi enorme, os fuzis, metralhadoras e a ponto cinquenta, chega a 500 mil, fora os malotes de dinheiro recuperados”, ressaltou o coronel reformado.

Em relação ao malote de dinheiro, a Polícia recuperou cerca de R$ 1,6 milhão que havia sido roubado do Banco do Brasil. (Do Leia Notícias)

 

Contato:

WhatsApp (14) 9.9705-7070
Fone: (14) 9.9705-7070
Email: contato@jornalabigornaavare.com.br