Silvestre tem derrota “humilhante” na Câmara

A Bigorna 03/08/2020 22:30:00 2497 visualizações
# legenda: Política

Jô Silvestre foi o protagonista da última Sessão de Câmara realizada nesta segunda-feira, 03, ao ser derrotado em uma votação humilhante.

Silvestre vetou a lei de autoria da vereadora Adalgisa Ward, a qual prevê que a prefeitura de Avaré, através da secretaria de Saúde envie à Câmara, semanalmente, todos os gastos realizados com  verba destinada ao coronavírus.

Era esperada nos bastidores a derrota no veto, considerado ‘arbitrário e sem transparência’, entretanto os votos foram surpreendentes.

Os vereadores Roberto Araujo, Estati, Morelli, Rios, Jairinho e Ivan acompanharam os vereadores que fazem oposição (Marialva, Zandoná, Toninho, Ernesto e Cabo Sérgio) e também votaram contra o veto, o qual nitidamente denota que Jô Silvestre não tem interesse em prestar contas do dinheiro público.

O placar: 10 X 0! Foi goleada!

A derrota humilhante, ao menos mostrou que os vereadores discordam da falta de transparência do atual prefeito, o qual em sua gestão é conhecida pela pouca transparência com os gastos realizados por um governo sem norte administrativo e gerido por um político inapto para o cargo.

Silvestre deverá tentar a reeleição neste ano, e nada mostra neste instante que venha a mudar seu ‘estilo cowboy de governar’ se for reeleito.

Será que este ano vai ter festa? , questionam centenas de internautas, contrários aos gastos que Jô Silvestre gosta de fazer ao empenhar dinheiro em festas e não dar prioridade a políticas-públicas voltadas aos mais necessitados.

 

Contato:

WhatsApp (14) 9.9705-7070
Fone: (14) 9.9705-7070
Email: contato@jornalabigornaavare.com.br