• Veja como vão funcionar os serviços na fase vermelha do Plano SP a partir de sábado (6)

    Saúde Pública
    2170 Jornal A Bigorna 04/03/2021 09:40:00

    O governo do estado de São Paulo, sob gestão João Doria (PSDB), decretou nesta quarta-feira (3) a regressão de todos os 645 municípios do estado para a fase vermelha do Plano SP de combate ao novo coronavírus. As regras começam a valer a partir da meia-noite de sexta (5) para sábado e ficará em vigor até o dia 19 de março.

    A mudança ocorre por causa do aumento no número de casos e internações por Covid-19. Segundo dados do governo, o número médio de ocupação de leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) no estado é de 75,3%, sendo 76,7% na Grande São Paulo. Até esta terça (2), eram 7.415 pacientes internados nesses leitos, com uma média de 100 novas internações a cada dia, segundo a gestão Doria.

     

    Dessa forma, o estado entra na fase mais rígida do plano SP. Na fase vermelha, apenas os serviços considerados essenciais podem funcionar. São eles: indústrias, escolas, bancos, lotéricas, serviços de saúde e de segurança públicos e privados, construção civil, farmácias, mercados, padarias, lojas de conveniência, feiras livres, bancas de jornal, postos de combustíveis, lavanderias, hotelaria e transporte público ou por aplicativo. As igrejas e os templos religiosos foram incluídos como essenciais nesta semana pelo governador.

    Os postos do Poupatempo só terão atendimento digital nessas duas semanas. No Detran, os serviços podem ser solicitados online e será permitido apenas o agendamento para a retirada de documentos.

    Os comércios e serviços não essenciais só podem atender em esquema de retirada na porta, drive-thru e pedidos por telefone ou internet. Academias, salões de beleza, restaurantes, cinemas, teatros, shoppings, lojas de rua, concessionárias, escritórios e parques deverão ficar totalmente fechados ao público, segundo o decreto do governo estadual.

    As escolas permanecem abertas, recebendo somente 35% de sua capacidade para as aulas presenciais. Os demais alunos seguem com acompanhamento online.

    A gestão Doria também ampliou o “toque de restrição”. A medida, que antes começava às 22h, agora tem início duas horas antes, às 20h, e vai até as 5h do dia seguinte. Vale em todo o estado.

    Veja como ficam os serviços

    Fase vermelha

    Quando:

    de sábado (6) até o dia 19 de março

     

    O que PODE funcionar

    Saúde: hospitais, clínicas, farmácias, clínicas odontológicas e estabelecimentos de saúde animal

    Alimentação: supermercados, hipermercados, açougues e padarias, lojas de suplemento, feiras livres. É vedado o consumo no local

    Segurança: serviços de segurança pública e privada

    Comunicação: meios de comunicação social executada por empresas jornalísticas e de radiodifusão sonora e de sons e imagens

    Construção civil e indústria: sem restrições

    Serviços gerais: hotéis, lavanderias, serviços de limpeza, manutenção e zeladoria, serviços bancários (incluindo lotéricas), serviços de call center, assistência técnica de produtos eletroeletrônicos e bancas de jornais, atividades religiosas

    Logística: estabelecimentos e empresas de locação de veículos, oficinas de veículos automotores, transporte público coletivo, táxis, aplicativos de transporte, serviços de entrega e estacionamentos

    Abastecimento: cadeia de abastecimento e logística, produção agropecuária e agroindústria, transportadoras, armazéns, postos de combustíveis e lojas de materiais de construção

    O que NÃO pode abrir

    Academias

    Salões de beleza

    Restaurantes e bares (permitido apenas retirada, delivery ou sistema drive-thru)

    Cinemas

    Teatros

    Shoppings

    Lojas de rua

    Concessionárias

    Escritórios

    Parques

    Escolas

    Podem funcionar com 35% de sua capacidade para as aulas presenciais

    Poupatempo

    Os postos só terão atendimento digital

    Detran

    Serviços podem ser solicitados online

    Será permitido apenas o agendamento para a retirada de documentos

    Toque de restrição

    Foi ampliado das 20h às 5h

    Fonte: Governo do Estado de São Paulo

    OUTRAS NOTÍCIAS

    veja também