• Casal é preso suspeito de torturar criança de 7 anos; menino morreu no Pronto-socorro de Avaré

    Avaré
    33067 Jornal A Bigorna 04/08/2021 15:00:00

    Um casal foi preso na manhã de quarta-feira, dia 4 de agosto, no Bairro Paraíso, em Avaré. A mãe e o padrasto são suspeitos de torturar até a morte uma criança de apenas 7 anos.

    Segundo informações uma equipe da Polícia Militar estava patrulhando pelo bairro Paraíso, quando foram informados, por uma munícipe, que uma criança estava caída passando mal.

    Os PMs foram até o local e encontraram o menino com o padrasto. No momento, o homem disse que a criança estava engasgada. Os PMs estranharam a informação e acionaram o SAMU, porém após ser socorrida, a criança acabou falecendo no Pronto-Socorro.

    A Perícia da Polícia Civil, policiais militares e conselheiros tutelares estiveram na casa onde vivia a criança. Durante exames no menino foram verificados diversos hematomas pelo corpo, inclusive no pênis e no ânus, com possíveis sinais de tortura.

    Um outro menino, de 10 anos, irmão da vítima também foi internado no Pronto- Socorro de Avaré, com vários hematomas pelo corpo. Uma equipe do Conselho Tutelar está no local resguardando a integridade da criança.

    Depoimento

    O menino teria informado que o padrasto teria torturado-os, inclusive dando-lhes choques elétricos.

    Como ainda não foi concluído o Boletim de Ocorrência, as informações são de que os pais são separados e as crianças estavam morando em Pardinho com o pai, mas devido a um acordo, eles se revezavam em cuidar das crianças a cada 15 dias.

    No momento em que estavam com a mãe, as torturas teriam ocorrido. Em depoimento na delegacia, a mãe teria informado que são sabia das agressões e disse que o filho teria caído de uma escada.

    A mãe e o padrasto não tiveram os nomes divulgados e serão ouvidos na tarde de hoje, 04.(A informação é do Jornal A Voz do Vale)

     

    OUTRAS NOTÍCIAS

    veja também