Presidente do Sindicato e vereadores falaram sobre a situação da categoria

A Bigorna 08/09/2018 10:54:00 3858 visualizações
# legenda: Ato de Repúdio

No ato realizado em “Repúdio ao prefeito de Avaré”, o presidente do Sindicato Leonardo do E. Santo destacou a importância de um administrador ter a consciência com os funcionários  públicos. Ele espera que os professores a mais de 18 meses estão sem ter seus direitos respeitados por Joselyr Silvestre. Ele lembrou a promessa de campanha de Silvestre, em que ele fala da valorização dos funcionários, contudo não coloca nada em prática.

O vereador Flávio Zandoná (PSC) exaltou a importância da educação e a união e força dos professores que, em sua visão é uma classe que precisa ser respeitada. A base da sociedade vem da Educação.

Já Toninho da Lorsa (PSDB) declarou que o prefeito tem que cumprir a lei, e enxugue onde tem que enxugar para poder atender a classe dos funcionários. Ele ressaltou que promessas de campanha são muito perigosas e não acredita que o prefeito vá cumprir com a valorização dos funcionários.

Adalgisa Ward (ex-professora) (PV) também destacou a importância dos professores. Para a parlamentar todas as profissões, antes de tudo tem que passar pelas 'mãos dos professores' e disse que a classe , hoje, não tem o valor que deveria ter.

Por outro lado, Sérgio Fernandes (PSC) e Barreto do PT destacaram que a categoria da educação é o maior número, e a categoria tem que estar unida. Se os funcionários tiverem medo de serem transferidos, a força de todos se transformam numa só. É um direito deles. Sérgio classificou o movimento como justo. Para o vereador falta administração.

Os professores estiveram todos vestidos de preto, junto com os vereadores que solidariamente também estavam vestidos de preto.

Manobra – A Manobra do prefeito Joselyr Silvestre de tentar ‘minar’ o “Ato de Repúdio” ao colocar os professores em classe para que não pudessem realizar o movimento não deu certo. Alguns deles estiveram no TG, onde demonstraram sua insatisfação.

 

 

 

Contato:

WhatsApp (14) 9.9705-7070
Fone: (14) 9.9705-7070
Email: contato@abigorna.com.br