Rodovia João Mellão faz mais 5 vítimas na região de Avaré

A Bigorna 13/07/2017 00:25:00 1999 visualizações
# legenda: Veículo que colidiu com o bitren

Conhecida por ser uma rodovia que já registrou centenas de mortes e teve até o apelido de ‘rodovia da morte de Avaré’, pista que possui trechos de grande periculosidade, e, ainda,  não é duplicada, registrou mais mortes.

O acidente que tirou a vida de 5 pessoas foi uma fatalidade de grandes proporções (conforme matéria matutina do jornal A Bigorna), ocorrido na madrugada do dia 12 de junho, pela Rodovia João Mellão- SP 255 - na Ponte Carvalho Pinto, a qual liga as cidades de Avaré a Itaí.

No caminhão-bitrem de Itapeva estavam João Rodrigues de Campos Junior (que segundo a perícia dirigia o veículo) e o ajudante que faleceu, Rogério de Almeida Oliveira. Rogério morreu afogado na represa, pois não conseguiu sair da cabine do caminhão. O motorista conseguiu se salvar ao sair da cabine e subir até a margem da represa.

A colisão, segundo um perito foi forte, ao ponto de arremessar um bitrem para as águas da represa de Jurumirim, ao lado do Camping Municipal.

Carro- No carro um Chevrolet Celta com placas de Avaré estavam 4 pessoas. O motorista Marcos Roberto de Oliveira e os passageiros Catia da Silva Pinto, Flávio Benicasa Alexandrino e Marta Ângela da Silva.

Perícia - Segundo a perícia, o carro transitava no sentido Avaré X Itaí e teria invadido a pista contrária, colidindo de frente com o caminhão, que transitava no sentido Itaí x Avaré.

Com o impacto e a força todos os ocupantes do veículo Celta (que ficou destroçado), morreram na hora em que colidiram com o bitrem, devido à brusca colisão. Um bitrem pesa em torno de 45 a 57 toneladas.

Contato:

WhatsApp (14) 9.9705-7070
Fone: (14) 9.9705-7070
Email: contato@abigorna.com.br